© ABCA 2017

< Voltar

Em 2006, no VI Fórum da UBAAT em Recife, concluiu-se que a Arteterapia utiliza várias modalidades expressivas - Música, Teatro, Expressão Corporal, Dança, Literatura, etc. – que devem ser contempladas pelos cursos de formação. Mas, ficou claro que seus fundamentos provêm das Artes Plásticas, o que a identifica como uma disciplina diferenciada. Profissionais de diversas áreas podem participar de seus cursos de formação.

Conheça mais sobre a UBAAT através do site: 

 

Ficou definido que cursos de Pós-Graduação, Especialização e Formação em Arteterapia deverão ter o seguinte currículo mínimo:

 

- Fundamentos da Arteterapia: introdução, panorama geral, história e teorias. 

- Linguagem e Práticas em Arteterapia

 

- Fundamentos da Arte: história da arte; linguagens artísticas diversas com predominância e aprofundamento nas Artes Plásticas; criatividade. 

- Fundamentos Psicológicos e Psicossociais: fundamentos da teoria psicológica que embasa o curso; postura terapêutica; Ética no exercício terapêutico; ciclos de desenvolvimento humano; psicopatologia; noções de psicossocial. 

- Estágio e Supervisão – Prática. 

- Trabalho de Conclusão de Curso.

 

Além disto, os cursos de Arteterapia deverão ter, no mínimo:

 

- carga horária de 360 horas/aula;

- 100 horas de estágio comprovado;

- 60 horas de supervisão.

 

Totalizando 520 horas, podendo ser acrescentadas outras matérias, o que acarretará no aumento da carga horária.

Para ministrar as matérias:

 

- Os Fundamentos da Arteterapia, Linguagem e Práticas em Arteterapia, bem como para supervisionar estágios, o profissional deverá ser Arteterapeuta reconhecido como profissional da associação estadual a que pertence e estar em dia com suas obrigações para com esta. 

- Os Fundamentos da Arte poderão ser ministrados por profissionais de diversas áreas. 

- Os fundamentos Psicológicos e Psicossociais deverão ser ministrados somente por Psicólogos ou profissionais com especialização, mestrado, doutorado, reconhecido por instituição idônea em alguma teoria psicológica, mas é indispensável a participação de um psicólogo no corpo docente do curso de Arteterapia. A matéria psicopatologia deverá ser ministrada por psicólogo ou psiquiatra. 

- O trabalho de conclusão de curso poderá ser co-orientado por um profissional de outra área, mas com a participação de um Arteterapeuta. 

- Os coordenadores de cursos e supervisores deverão possuir mais de 5 anos de experiência na área após sua formação como Arteterapeuta. Os professores dos cursos deverão possuir no mínimo 2 anos de formação em Arteterapia.

Concordou-se que a UBAAT não credencia profissionais e sim associações; e que as associações filiadas a ela credenciam profissionais que foram alunos de cursos que seguem os parâmetros definidos por ela.

Estabeleceu-se que no site das associações e da UBAAT constarão os cursos que seguem os parâmetros por ela estabelecidos.

.